Roteiro Gastronómico #58 Terminal 4450 - Leça da Palmeira, Porto

segunda-feira, 2 de setembro de 2019
Será que ainda existe alguém que viva na zona do Porto que não tenha ouvido falar do Terminal 4450 situado no Porto de Leixões?
Se por acaso existe, então de certeza que não são pessoas que adorem gastronomia, ou também podem ser vegetarianos. E isto não é com intenção de fazer qualquer tipo de piada, é que este espaço é sobretudo aclamado pelas carnes maravilhosas que serve.

Eu queria muito falar-vos sobre o tão famoso Black Angus ou o T-Bone mas a verdade é que ainda só fui uma vez ao Terminal e fui na hora do almoço. Como não tinha sido muito planeado e a ideia era ser um almoço simples e rápido, optámos pelo menu de almoço.

Mas vamos só dar um passo atrás nesta conversa porque toda a arquitectura do espaço merece um destaque. O nome do restaurante já é bastante sugestivo e faz-nos logo lembrar viagens. E quando chegamos ao local temos mesmo de passar por uma espécie de manga que nos leva à entrada propriamente dita do restaurante. Nessa entrada vemos logo uma placa de check in e algumas malas a servirem de decoração. Quando estamos sentados à mesa podemos ver o menu num placar gigante e muito semelhante aos que existem nos aeroportos com as informações de chegadas e partidas.

Já na mesa pedimos então o menu de almoço que custa 10 euros e tem incluído o prato do dia, a bebida e o couvert (pipocas salgadas, pão e manteiga de chouriço). Fiquei logo rendida à manteiga e não descansei enquanto não acabei com o pão.
Depois veio a sopa que já não me lembro muito bem, mas acho que era de espinafres. O prato principal era picanha. A carne estava super bem cozinhada. Eu prefiro mal passada. E era mesmo muito tenra e saborosa. Também fiquei deliciada com os acompanhamentos, o feijão preto foi servido como um puré. A couve estava cortada muito finamente e em pedaços muito pequenos, e pareceu-me que foi frita ou salteada. Porque quando a colocávamos na boca, ela desfazia-se e tínhamos a sensação que se transformava numa espécie de pó. Também foi servido arroz branco.

No menu do almoço não está incluída a sobremesa. Mas eu tinha ouvido falar tanto da bola de Berlim que não consegui evitar. É realmente uma bomba de calorias e é bastante doce. Mas ao mesmo tempo é tão saborosa. Eu como fiquei bastante bem com o prato principal, confesso que já estava um pouco cheia e tive de dividir a bola porque até tem um tamanho considerável para uma sobremesa. A massa é leve e pareceu-me ser recheada com creme de pasteleiro. Por baixo existia uma camada de um outro creme que penso ser leite condensado cozido.

É sem dúvida um local ao qual tenho de voltar, provavelmente para jantar, e experimentar outras carnes. É que este espaço não é só feito de fama. Também é feito de muita qualidade.












Terminal 4450 Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Sem comentários:

Publicar um comentário