TimeOut Market Miami

domingo, 12 de maio de 2019
Para nós, portugueses, o TimeOut Market não é novidade. Este conceito, criado pela revista Time Out Portugal, fez com que se juntassem no mesmo espaço físico vários restaurantes que têm por trás chefes de renome. Os criadores deste mercado dizem que: se algo é bom vai para a revista mas, se é ótimo, vai para o mercado.

Portugal foi o pioneiro, em 2014, com a abertura do Mercado da Ribeiro. Já o TimeOut Market Miami foi inaugurado na passada quinta feira, dia 9 de Maio e já fomos lá ver como está a coisa.
Está situado em South Beach muito próximo da Lincoln Road. Esteticamente é muito semelhante ao que já se costuma ver pelos mercados em Portugal. Mesas retangulares, grandes, de madeira e à volta estão os restaurantes e bares. Estava tudo super limpo mas também era normal porque era o primeiro dia. Os empregados estavam muito simpáticos dizendo um sorridente bom dia logo à porta.

A oferta gastronómica é variada e os tipos de comida não se repetem. Existem opções para todos os gostos e com varias origens geográficas.
Pastelaria, bowls, ostras, cocktails, vinhos, pizza, pho, sanduíche cubana, tacos, hambúrgueres e tábuas de enchidos são só alguns exemplos do que podem encontrar por lá. Ao longo do tempo os restaurantes e bares presentes são alterados.
A música estava no volume indicado porque permitia conversar à vontade. Para além disso, como estávamos perante diferentes tipos de comida, originais de diferentes locais em termos geográficos, esta também ia variando de género.

Como eu já tinha almoçado a ideia era procurar algo para petiscar e, se possível, que fosse algo novo para mim. Foi então que olhámos para um sitio onde estava o Kush que é só o restaurante que, na minha opinião, tem o melhor hambúrguer que comi até hoje. Mas como não queria comer muito decidi experimentar uma coisa que não se vê por muitos restaurantes: Alligator Bites! Sim, crocodilo. Achei que seria uma boa opção. Assim que provei achei logo que parecia frango mas mais esponjoso. Vinha frito e não sei se foi pelos temperos mas nem senti necessidade de colocar qualquer molho adicional.

Para pagar não aceitavam dinheiro. Só cartão. Não sei se nos outros locais também será assim, mas não achei um ponto a favor. No entanto por aqui usa-se sempre o cartão e de certa forma percebo que para eles seja mais habitual.

É sem duvida um local que aconselho a visitar. Não só pela oferta gastronómica mas também por ser um local agradável para se estar e para ir com varias pessoas em que cada uma pode comer o que quiser. E no final, o que importa mesmo é usufruir de boa comida, boa companhia, num local agradável. O que se pode pedir mais?







Sem comentários:

Publicar um comentário